Nessie: o verdadeiro tesouro da Escócia!

Contadores...

Assinar Feed Assinantes

Seguir no Twitter Seguidores

Artigos publicados Artigos

Comentários recebidos Comentários

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, 4 de março de 2011

Carnaval - Festa da Carne

Carnaval em Veneza


1. Historia:
Festa popular, o carnaval ocorre em regiões católicas, mas sua origem é obscura. No Brasil, o primeiro carnaval surgiu em 1641, promovido pelo governador Salvador Correia de Sá e Benevides em homenagem ao rei Dom João IV, restaurador do trono de Portugal. Hoje é uma das manifestações mais populares do país e festejado em todo o território nacional.

2. Origem: Algo sobre a etimologia de “Carnaval”.
Comumente os autores explicam este nome a partir dos termos do latim tardio “carne vale”, isto é, “adeus carne” ou “despedida da carne”; esta derivação indicaria que no Carnaval o consumo de carne era considerado lícito pela última vez antes dos dias de jejum quaresmal. - Outros estudiosos recorrem à expressão “carnem levare”, suspender ou retirar a carne: o Papa São Gregório Magno teria dado ao último domingo antes da Quaresma, ou seja, ao domingo da Qüinquagésima, o título de “dominica ad carnes levandas”; a expressão haveria sido sucessivamente, carneval ou carnaval”. - Um terceiro grupo de etimologistas apela para as origens pagãs do Carnaval: entre os gregos e romanos costumava-se exibir um préstito em forma de nave dedicada ao deus Dionísio ou Baco, préstito ao qual em latim se dava o nome de currus navalis: donde a forma Carnavale.

Conceito e origem. O carnaval é um conjunto de festividades populares que ocorrem em diversos países e regiões católicas nos dias que antecedem o início da Quaresma, principalmente do domingo da Qüinquagésima à chamada terça-feira gorda. Embora centrado no disfarce, na música, na dança e em gestos, a folia apresenta características distintas nas cidades em que se popularizou.
O termo carnaval é de origem incerta, embora seja encontrado já no latim medieval, como carnem levare ou carnelevarium, palavra dos séculos XI e XII, que significava a véspera da quarta-feira de cinzas, isto é, a hora em que começava a abstinência da carne durante os quarenta dias nos quais, no passado, os católicos eram proibidos pela igreja de comer carne.
A própria origem do carnaval é obscura. É possível que suas raízes se encontrem num festival religioso primitivo, pagão, que homenageava o início do Ano Novo e o ressurgimento da natureza, mas há quem diga que suas primeiras manifestações ocorreram na Roma dos césares, ligadas às famosas saturnálias, de caráter orgíaco. Contudo, o rei Momo é uma das formas de Dionísio — o deus Baco, patrono do vinho e do seu cultivo, e isto faz recuar a origem do carnaval para a Grécia arcaica, para os festejos que honravam a colheita. Sempre uma forma de comemorar, com muita alegria e desenvoltura, os atos de alimentar-se e beber, elementos indispensáveis à vida.

3 – Considerações
Como podemos observar o carnaval tem algumas características de cunho espiritual preocupante. Em primeiro lugar tem um histórico relacionado com deuses pagãos do Egito e Roma. Em segundo lugar o rei momo se origina no deus da bebida, o deus Baco e seus bacanais, ou seja no demônio que destrói os lares com bebedeira que provoca acidentes e desgraças. Em terceiro lugar é uma festa da igreja católica relacionada com a quaresma, significando etiologicamente “abstenção de carne” mas que na pratica se tornou a festa que dá vasão a carne. Uma festa carnal, imoral e destruidora.
Seria relacionado com o jejum da igreja católica? Diante desta relação espiritual podemos concluir que esta é uma festa totalmente da carne.
Os símbolos, a adoração, a letra das musicas é onde tudo começa.
Onde os cantores vão antes do carnaval?
Existe por traz dos palcos, dos trios e dos blocos toda uma religiosidade, um cerimonial, uma relação espiritual forte juntamente com o carnaval, por isto tantos males acontecem durante este período, são pessoas vítimas de violência, com brigas, feridas e até muitas mortes. Embriagados dirigindo veículos e destruindo vidas. Sexo irresponsável, resultando depois em filhos sem pais, AIDS, angústia e ansiedade.

É uma grande festa que durante uma semana as pessoas pulam e parecem ter uma grande alegria, mas depois o sofrimento por anos e anos, para não dizer daqueles que perdem suas próprias vidas. Acidentes de trânsito com centenas de mortes, adolescentes grávidas, famílias destruídas e muitas outras desgraças são os resultados do carnaval.

Não sou contra e muito menos a favor... Não gosto de samba e nem do carnaval em si, mas respeito as tradições e costumes do povo e gosto muito de saber a origem das festas... Como nasceu a comemoração, como foi a primeira comemoração... Acho interessantíssimo!!!

Bem, deixarei uns links para quem quiser ler mais sobre a origem desta festa ok?


Do ponto de vista cristão


Do ponto de vista popular



Boa leitura!!!




Nenhum comentário: