Nessie: o verdadeiro tesouro da Escócia!

Contadores...

Assinar Feed Assinantes

Seguir no Twitter Seguidores

Artigos publicados Artigos

Comentários recebidos Comentários

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Cristo teria que se aliar a Judas no Brasil, diz Lula...


"Cristo teria que se aliar a Judas no Brasil, diz Lula para jornal"
Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que "no Brasil, Jesus teria de fazer aliança com Judas", em entrevista para o jornal "Folha de S.Paulo" desta quinta-feira (22), se referindo aos acordos eleitorais.
"Nunca me senti incomodado. Nunca fiz concessão política. Faço acordo. Uma forma de evitar a montagem do governo é ficar dizendo que vai encher de petista. O que a oposição quer dizer com isso. Era para deixar quem estava. O PSDB e o PFL (hoje DEM) queriam deixar nos cargos quem já estava lá. Quem vier para cá não montará governo fora da realidade política. Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão".
Na mesma entrevista, Lula também falou sobre vários outros assuntos, como as eleições de 2010 e a crise econômica.
Dilma
Segundo o jornal, Lula defendeu a escolha de Dilma Rousseff, ministra da Casa Civil, como candidata do PT para 2010. "Dilma é a mais competente gerente que o Estado brasileiro já teve. A capacidade de trabalho da Dilma, a competência, o passado político e o presente, me faz garantir que a Dilma é uma excepcional candidata a presidente da República. (...) Tem firmeza ideológica, tem compromisso, tem lealdade, sabe de que lado está". E garantiu: Dilma está "muito preparada" para ser presidente.
Em resposta aos que dizem que Dilma eleita equivale ao seu terceiro mandato, Lula disse que "é exatamente o contrário. Uma mulher que tem a personalidade que a Dilma tem. Conheço bem a personalidade dela. Isso vai exigir que eu tenha o bom senso de quando elegi o Jair Meneguelli presidente do sindicato de São Bernardo, o José Dirceu presidente do PT. Rei morto, rei posto. A Dilma no governo tem de criar a cara dela, o estilo dela, o jeito dela de governar".
Lula explicou na entrevista o acordo entre PT e PMDB para 2010. "Patrocinei uma reunião de líderes do PT com o PMDB, que fizeram uma nota. Haverá um acordo nacional, e a chapa será PT-PMDB". Sobre Michel Temer ser o vice nesta chapa, ele disse: "Não posso dar palpite. Quem discute vice é o candidato a presidente".
O presidente falou sobre os possíveis candidatos à presidência em 2010. "Na política, tudo pode acontecer. O Ciro [Gomes, deputado do PSB-CE] tem todas as condições de ser candidato a presidente. Sou um homem feliz. Feliz desse país, que tem o Ciro, a Dilma, o Serra [José Serra, governador de São Paulo, do PSDB], o Aécio [Neves, governador de Minas Gerais, também do PSDB], a Marina [Silva, senadora pelo PV], a Heloísa Helena [senadora do Psol]. Nesse espectro, não tem ninguém de extrema-direita ou conservador ao extremo. Todos têm história. Não acho que é mérito meu, não. Fernando Henrique Cardoso tem importância nisso, pelo fato de ter feito comigo uma transição excepcional".
G1

Um comentário:

Thatica. disse...

ACHO QUE NEM ELE PENSOU NO QUE ELE DISSE.. COMPARAÇÃO MEIO INFELIZ.. ENFIM

BJS MIII